para maiores de 18 anos

17
mar 2013

O amor na voz de Elis Regina

 
por: Julieta Jacob
 

Todo mundo carrega pelo menos uma magia. Uma das magias de Elis Regina, sem dúvida, era a sua voz – acompanhada da sua alma. Alma que deixou o corpo da cantora quando ela tinha apenas 36 anos. Hoje Elis faria 68.

Por que será que o amor, na voz dela, é mais forte, mais intenso, mais verdadeiro? Seja um amor sofrido ou um amor em paz, Elis sempre nos dá a sensação de sentir e conhecer aquilo que canta. E se a gente se identificar com aquele sentimento… bingo! Mesmo que você não goste do tipo de música que ela interpreta, ou até mesmo do timbre da sua voz, é difícil negar a presença desse quê especial.

Um dos meus discos favoritos é “Samba – eu canto assim”, de 1965, que ganhei de presente há uns bons anos – no tempo em que ainda não se falava em mp3. Adoro a forma como as faixas são organizadas, misturando um bolero com um sambinha manso, depois vem um piano, e assim vai equilibrando as sensações de tristeza, leveza, alegria e dor  num tom extremamente teatral (sendo eu uma Julieta, o drama faz parte da minha anatomia). É para cantar em voz alta e interpretar as letras! Um disco que chega a ser terapêutico, mesmo sem ser de auto-ajuda. Mas só vale para quem está apaixonado!

Aqui, uma das letras mais belas (composição de Ruy Guerra e Francis Hime): Por um amor maior! Peça licença aos vizinhos, e solte o gogó! Garanto que você vai até ouvir aplausos no final (kkk).

httpv://www.youtube.com/watch?v=pIqyJHAcAN0

Compartilhe este post e seus comentários

Um comentário
  1. André
    mar 17, 2013

    Amar faz a vida maior…sobre isso não tenho questionamentos… 😉

Deixe seu comentário

Copyright © 2013 - Julieta Jacob - Todos os direitos reservados