para maiores de 18 anos

6
jun 2013

Praia de Tambaba: onde nudez e sexo não combinam

 
publicado em: comportamento
por: Julieta Jacob
 

A primeira vez que estive em Tambaba foi em 1997. Faz tempo! Fui com um grupo de amigos adolescentes de Recife e o clima que reinava era o espírito de aventura por estarmos indo a uma praia de nudismo! Uau! Era mais radical do que pular de para-quedas, acredite.

Pra quem não sabe, Tambaba é uma praia que fica no litoral da Paraíba, a 17 Km de João Pessoa, famosa por ter sido a primeira do Brasil a permitir o naturismo por lei municipal (nº 284/2004). Em outras palavras, em Tambaba, todo mundo fica nu. Do contrário, estará cometendo um crime. Pecado é não ficar pelado, pois toda nudez será perdoada.

Foto: Erosdita

Paisagem a caminho de Tambaba

Mas, em 1997, quando eu lá estive pela primeira vez, não era bem assim. Naquele tempo, havia duas áreas na praia: uma chamada “zona obrigatória”, em que a pessoa só podia entrar como veio ao mundo, e uma outra, chamada “zona mista”, onde era possível optar por ficar com ou sem roupa.

O nosso grupo de amigos (eu inclusive) amarelou geral (de vergonha) e ficamos na zona mista – COM roupa de banho. Não tivemos coragem de tirar os biquínis e sungas na frente uns dos outros. Na zona mista, vimos muitas pessoas nuas ou de topless, o que foi uma experiência inesquecível – jamais tinha visto pessoas peladas agindo com naturalidade, como se estivessem vestidas. Achei o máximo e pensei: “quero ser assim quando crescer”. Até ensaiamos uma ida à zona de nudez obrigatória, mas nenhum de nós encarou o desafio.

Foto: erosdita

Falta sinalização na estrada e as poucas placas que existem são quase ilegíveis.

Mais de 15 anos depois (portanto, já crescida), voltei a Tambaba. Chegando lá, logo me deparei com a mudança: a zona mista não mais existe. Agora, para desfrutar da praia, é obrigatório ficar nu, não tem meio-termo. Para quem não conhece, funciona assim: na entrada da “zona de nudez obrigatória” há um fiscal que orienta os visitantes: “É muito simples. Assim que você pisar na areia, tire toda a roupa”.

Na praia tem um único restaurante, onde, para minha surpresa, os garçons servem os clientes usando roupas. Fiquei sabendo que os funcionários estão isentos da obrigatoriedade da nudez. Achei esquisito esse detalhe.

foto: Erosdita

Esta placa fica bem na entrada. foto: erosdita

Ironicamente, na minha frente, na ponte que dá acesso à praia, havia um grupo de adolescentes que me fez lembrar a minha experiência de anos atrás: eles ensaiaram entrar na praia, mas deu pra notar que estavam muito envergonhados e acabaram dando meia volta.

E de onde será que vem essa “vergonha” toda? Ora, se a pessoa está numa praia de naturismo, nada mais natural do que tirar a roupa, concorda? Estranho seria ficar vestido.

Na prática, não é bem assim. Primeiro, existe a falta de intimidade com o próprio corpo. São poucas as pessoas que se “conhecem”, que se sentem à vontade para ver e sentir o próprio corpo nu, mesmo que seja sozinho, na própria casa, na intimidade do próprio banheiro. Imagina ficar pelado com outras pessoas peladas ao redor?

Além disso, para quem tem problemas de auto-estima, é impossível fugir das desconfortáveis (e infantis) comparações: o pênis daquele é maior do que o meu, aquela mulher tem celulite, a outra tem peito arriado, aquele cara tem uma barriga mais sarada que a minha, e por aí vai… Somado a isso, tem a falta de hábito! De forma geral, o brasileiro, apesar de economizar bastante no tamanho dos trajes de banho, não está acostumado a frequentar praias de nudismo, é algo que não faz parte da nossa cultura.

Pôr do sol

Pôr do sol

E, por fim,  tem ainda a mentalidade que associa a nudez à pornografia ou “pouca vergonha”. Ou seja, estar sem roupa é, para muita gente, necessariamente algo relacionado a sexo.

Sim, nudez e sexo têm tudo a ver, é verdade.

Mas, no caso do naturismo (que rege a praia de Tambaba), nudez e sexo não apenas não têm NADA a ver, como ainda são excludentes. Ou seja, o sexo é terminantemente proibido dentro de um ambiente naturista. Está no código de ética da praia de Tambaba:

- é considerado falta grave “ter comportamento sexualmete ostensivo e/ou praticar atos de caráter sexual ou obscenos nas áreas públicas”.

- é considerado comportamento inadequado “concorrer para a discórdia por intermédio de propostas inconvenientes com conotação sexual”. 

Foto: erosdita

Apesar da advertência expressa, muita gente desrespeita as normas, garantem os fiscais.

Conversando com alguns fiscais da Sonata (Sociedade Naturista de Tambaba), eles me contaram que é preciso ficar sempre alerta, pois o desrespeito às normas é grande, sobretudo nos dias de muito movimento. “Muita gente transa (ou tenta transar) no mar, ou na praia, em áreas mais escondidas. Alguns casais se empolgam além da conta e alguns homens acabam ficando de pênis ereto no meio da praia”. Disseram ainda que Tambaba é frequentada por adeptos de grupos de swing (troca de casais), que vão à praia com a intenção de sondar e abordar banhistas com o objetivo de prospectar outros adeptos dessa prática sexual.

Ou seja, tá tudo errado. Quem se comporta dessa maneira, não compreende o princípio básico do Naturismo, que é “um modo de vida em harmonia com a natureza, caracterizado pela nudez social, que tem por intenção encorajar o autorespeito, o respeito ao próximo e o cuidado com o meio ambiente”.  

Ok, sabemos que os frequentadores de Tambaba não são naturistas. São pessoas como eu e você, que vivemos numa sociedade onde o “normal” é usar roupa. Portanto, se você pretende visitar a praia, amadureça a ideia antes de ir. Caso a sua intenção seja ver um desfile de corpos pelados (e tirar alguma “vantagem” disso), é melhor repensar a sua visita.

Mas se, por outro lado, você estiver a fim de se despir (literalmente) de suas vaidades e pudores em relação ao seu corpo, relaxar e experimentar uma forma diferente de curtir a praia e o mar, a visita é super válida. Não posso dizer que é emocionante como saltar de para-quedas (porque ainda não saltei), mas é sim uma aventura.

Compartilhe este post e seus comentários

37 comentários
  1. Paulo Bazooka
    jun 07, 2013

    Eu estava peladão em Tambaba e de repente chegou um fiscal e mandou eu pegar a reta,cair fora. Até hoje eu não entendo o porque da minha expulsão.

    • VICTOR
      set 01, 2013

      Simplesmente porque não é permitida a entrada/permanência de solteiros. É uma praia para casais e famílias.. solteiros “caçando” não é permitido.

  2. GERSON PEREIRA DA SILVA
    jun 08, 2013

    Eu não me sentiria muito a vontade de estar numa praia de nudismo totalmente nu, ainda que seja nas condições em ambiente de descontração e de lazer. Tenho muita curiosidade, e até já recebi convites de amigos pra conhecer, mas recusei; pois não tive coragem, mas admiro que a tem, e encara isso com muita naturalidade. A informação desses amigos que frequentam são as melhores possíveis. Trata-se de uma praia muito bonita, frequentada por muitos turistas estrangeiros, com muitas mulheres lindas, inclusive brasileiras, mas tudo com muito respeito e com policiamento o tempo todo.

  3. Eduardo Araújo
    jun 08, 2013

    Parabéns pelo texto. Excelente! Sóbrio e maravilhosamente esclarecedor para aqueles que não entendem de verdade o que é um comportamento naturista. Abraço.

    • Julieta Jacob
      set 04, 2014

      Obrigada!

  4. Ed Oliveira
    jun 08, 2013

    Gostei do texto, esclareceu muita coisa! E quem quiser sexo que vá para o Hedonism Resorts da Jamaica! Beijos

    • Julieta Jacob
      set 04, 2014

      Não conheço…

  5. jerusa guerra interaminense oliveira
    jun 08, 2013

    É isso aí, porque as pessoas tem vergonha do próprio corpo e de se mostrar para todos.
    Isso é falta de vergonha, de ser visto por outras pessoas o que tem de bom.

  6. jerusa guerra interaminense oliveira
    jun 08, 2013

    Gente, porque ter vergonha do próprio corpo, se está magra ou gorda.
    O importante é ser mostrada a todos com a maior naturalidade.

    • Julieta Jacob
      set 04, 2014

      Pois é!

  7. carlos
    jun 08, 2013

    tambaba é uma praia linda mais so tem um bar que cobra muito caro

    • Julieta Jacob
      set 04, 2014

      Concordo!

  8. Antonio Neto
    jun 08, 2013

    Parabéns pelo texto e as informações nele contida……certamente irá ajudar quem pretende ir a tambaba pela primeira vez. Eu recomendo.

    • Julieta Jacob
      set 04, 2014

      Obrigada!

  9. Carlos Biacche
    jun 08, 2013

    Nos temos de hoje. Eu não acredito que não há aquelas olhadas indiscretas entre os naturalistas. E quem já foi percebeu a mesma coisa.

  10. marcilio
    jun 08, 2013

    Tenho vontade de conhecer Tambaba se tiver um grupo também interessado contem comigo.

  11. Anderson
    jun 08, 2013

    Seria muito difícil passar um casal na sua frente e vc conseguir evitar olhar para os troços de ambos.

    • Julieta Jacob
      set 04, 2014

      Troços?

  12. Aldo
    jun 18, 2013

    Já estive lá, a praia é linda e sossegada. As pessoas ficam muito à vontade como eu e minha mulher ficamos.Vou voltar mais vezes.

    • Julieta Jacob
      set 04, 2014

      Que bom!

  13. Sergio
    ago 03, 2013

    Estive com minha esposa adoramos, suas palavras define o que é o Tambaba tem de tudo um pouco mas valeu a pena sensação de liberdade maravilhosa.

  14. manoel
    ago 24, 2013

    pois e,o nudismo no brasil fica a anos luz de qualquer praia nudista europeia,sou nudista faz 30 anos e so no brasil existe esse negocio de ser obrigado a tirar as roupas num punto determinado,eu como nudista so quero pegar um bronze pelado sem que ninguém do meu lado fique constrangido,nao tenho problema se outras pessoas quiserem ficar com roupas,eu somente quero ficar pelado,se os outros fican vestidos não estou nem ai.acho muito rueim esse negozio de que homem sozinho no pode entrar kkkkkkkkkkkkkk sera que tenho que casar para poder pegar um bronce pelado??????se eu for sozinho estão me chamando de que?????
    seinto vergonha do jeito das praias daqui.

  15. Rogerio dos Santos
    set 09, 2013

    Gostaria muito visitar este lugares, eu minha mulher já tivemos numa praia de nudismo na jamaica onde tudo lá é liberado não existe lugar para relacionamento de casais ,se faz de tudo nesta praia. Será que está aqui no brasil se faz o mesmo que lá pois eu e minha mulher já tivemos em varias praia de nudismo.

    • Marcos e Dani
      nov 29, 2013

      Oi,poderia nos passar os locais que visitou e comentou? Gostariamos de conhcer tb. Fomos a republica dominicana, mas lá foi tudo muito normal, comum, sem praias nudistas ou liberais, ou mesmo resort liberais.
      Abraços

  16. Eu gostaria de visitar ,pois eu acho que nao ia ter nada a ver as outras pessoas nuas mostrar o corpo como por exemplo os troços dos ambos ne,Pois eu gostaria muito de ir nessa Praia

  17. schweinsteiger
    set 29, 2013

    esse e meu sonho nunca fui nessas praias de nudismo não vejo a hora de um dia realizar esse sonho…….

  18. marpei
    out 21, 2013

    isso não existe, é hipocrisia, ridículo, traumático, como é que uma pessoa é socialmente criada em um ambiente em que as vestes são obrigatórias para a manutenção do pudor e de repente, num lapso de segundo tira suas roupas e considere normal, ah me poupe! Pouca vergonha, os índios sim, esses são naturalistas porque são puros de nascença, além de sua cultura que contribui para com o natural. Civilizados não camuflem seus pudores atrás de escudo naturalista!!!!

  19. mello
    nov 22, 2013

    estive lá com minha companheira e está tudo abandonado,nao tem fiscalizaçao alguma,varios solteiros entyram
    sozinhos e na saida haviam mais de 10 homens vestidos, entao onde está a famosa fiscalizaçao?

  20. Caio
    dez 03, 2013

    Já fui em algumas praia de naturismo, tudas tem sempre um grupo que gosta de curtir swing e também aqueles que não gostam da presença de swingueiros e o pior, os perseguem . Eles parecem com os cristãos da epoca remota e os petistas. O que eu quero dizer é que esses grupos já foram perseguidos, os cristãos eram perseguidos pelo exercito de romano, e quando a religião foi aceita pelo imperador constantino, eles passaram a perseguir aqueles que tinham opinião própria em relação a sua crença. Mataram muitos “INFÍEIS” ( aqueles que não tinhão o Jesus Cristo como o seu salvador ) nas cruzadas e inquisições. O PT era perseguido pelo regime militar e depois pelos partido de centro direita. E agora que é situação, perseguem os que mostram os erros e defeito dos governos Lula e Dilma, querem calar a imprensa quando o assunto é corrupção. Há vinte anos atrás os naturistas eram taxados de tarados obsenos, era uma pouca vergonha andar pelado nas praias brasileiras principalmenta as cariocas,seus idealilzadores eram presos várias vezes , era crime ficar nú . Agora elas fazem o mesmo com os swingueiros, ficam perseguindos os casais que querem curtir com outros casais , solteiros e solteiras, falam que é pouca vergonha, que é crime e vão chamar a polícia. Respeitem a liberdade dos outros assim como voçês pediam respeito e tolerânça com as suas liberdades e ideiais de naturismo.

  21. Maurício
    dez 26, 2013

    estou me auto perguntando se tenho mesmo essa coragem, pois estou prestes a ir a tambaba.

  22. marcio
    fev 01, 2014

    JA ESTIVE NA PRAIA DE TAMBABA EM 2011 EM BREVE VOLTAREI NAS PROCIMAS FERIAS A PRAIA E MUITO BOA AGUA LIMPA E AGALERA E MUITO EDUCADA VOCEIS ESTAO DE PARABENS

  23. Carlos
    fev 11, 2014

    Se o cara tem o pau pequeno fica constrangido de mostrar

  24. albertoparanhos9@yahoo.com.br
    fev 17, 2014

    Quanto maior a repreção sexual de uma sociedade, maior serão suas taras e distoções do que é uma sexualidade naturar. Por isso a sociedade brasileira deveria tratar o nudismo com mais naturalidade assim como já ocorre na europa onde o indice de estrupo e bem menor que no Brasil. Na europa a ereção masculina em praias nudista é considerada reação natural do homem ao se sentir atraido pela mulher, e não poderia ser diferente né. Antinatural é vc querer que isso não aconteça, além de uma coisa falsa, não verdadeira, arranjada para ser socialmente aceita
    .

  25. Batista albuquerque
    abr 02, 2014

    Tenho muita vontade de ir com minha esposa mais tenho medo q acabe ficando com o pênis ereto e ser expulço
    mesmo sem a minha vontade poriço nao fui ainda .Mais tenho muita vontade de ir….. E belicimo texto parabens

  26. moreno e morena
    set 29, 2014

    Absolutamente correto, naturismo é um estilo de vida, uma prática sadia. Somos frequentador assíduos de Tambaba desde 1998. Ainda hoje visitamos, só que, com uma frequência menor devido a falta de privacidade. Um monte de policiais armados por toda extensão da praia olhando para as mulheres. Um olhar diferenciado, olhar de cobiça, olhando fixamente, observando os detalhes. Atitude que é proibida para os frequentadores, considerada constrangedora. Não vemos necessidade de sermos vigiados. Nos sentimos custodiados. Somos naturistas, não somos criminosos. Poderiam ter mais fiscais, como antigamente, posicionados em pontos estratégicos e evitar que os mais “animadinhos” se comportem de maneira indevida. Tambaba é linda, somos naturistas e queremos continuar frequentando esse paraíso naturista. Ass. Casal Moreno Olinda.

  27. juan victor
    out 18, 2014

    é possível a entrada de crianças??

  28. valéria
    out 24, 2014

    Estou com desejo de conhecer Tambaba.
    Pagarei algum valor na entrada e poderei levar lanchinhos?
    Eu e meu esposo poderemos ficar com roupas de banho?ou é obrigada ficarmos pelados?

Deixe seu comentário

Copyright © 2013 - Julieta Jacob - Todos os direitos reservados