para maiores de 18 anos

1
mar 2016

Propaganda reconhece trabalho duro das mulheres e defende que homens devem participar das tarefas domésticas

 
publicado em: estudos de gênero, feminismos
por: Julieta Jacob
 

Uma alegria: quando a publicidade se preocupa não apenas em vender o produto, mas também uma ideia interessante.

Assisti a esse comercial hoje e me arrepiei. Ele foi exibido na Índia, onde predomina a ideia de que “lugar de mulher é no tanque” (assim como no Brasil e em tantas outras sociedades machistas) e faz parte de uma campanha que usa a hashtag #sharetheload (“compartilhe a carga”, em tradução livre). Talvez você se identifique com a história do vídeo, talvez você se lembre de alguma mulher. Talvez você se emocione.

Eu só quero fazer um breve comentário: apesar de o comercial trazer a questão a partir da visão de um homem que reconhece o machismo impregnado nele mesmo e parte para uma mudança de comportamento, é importante a gente lembrar que nem sempre é assim que acontece. Talvez o comercial mostre, inclusive, a exceção à regra.

Na maioria das vezes, são as própria mulheres que reivindicam (quando são empoderadas o suficiente para isso) uma divisão mais igualitária das tarefas de casa. De qualquer forma, é essencial que os homens também estejam sensibilizados para esse debate, que se propõe a desconstruir comportamentos já naturalizados na sociedade e que – infelizmente – ainda são transmitidos de geração para geração.

O que você achou da propaganda?

 

Compartilhe este post e seus comentários

Deixe seu comentário

Copyright © 2016 - Julieta Jacob - Todos os direitos reservados